06/05/2014 às 17h54min - Atualizada em 06/05/2014 às 17h54min

Zé Filho vai devolver mais de mil homens da Polícia Militar às ruas

Esses policiais militares estão há anos servindo principalmente a políticos, em suas residências, atuando, na maioria das vezes, como serviçais domésticos.

WANESSA GOMMES, DO GP1

Depois de decidir incluir atendimento de urgência e emergência no plano Iapep saúde, beneficiando diretamente a mais de 180 mil usuários, o Governador Zé Filho está decidido a devolver às ruas mais de mil policiais militares que estão lotados nos diversos poderes e também em residências de autoridades.

O Portal GP1 conseguiu informações sigilosas de que o governador já encomendou levantamento da quantidade de policiais militares que estão à disposição desses órgãos e residências particulares. Uma Informação extra oficial obtida por nossa equipe dá conta de que são mais de 1.000 policiais nessas condições. 

Nos poderes constituídos deverá ficar somente a quantidade necessária para a devida segurança dos mesmos.Os presidentes desses órgãos serão oficiados a prestarem informações de quantos policiais estão lotados, seus nomes e onde estão prestando serviço atualmente.

A medida do governador irá colocar fim a uma prática nefasta, antiga, que tem a repulsa da população piauiense, mas que nenhum outro governante teve a coragem de tomar, já que fere a muitos interesses. 

Caso venha mesmo a se confirmar mais essa medida, o Governador Zé Filho vai fazendo história em seu curto mandato, rompendo paradigmas e estabelecendo uma nova ordem administrativa do Estado. Primeiro foi a instituição do brasão como marca única do governo, depois veio a ampliação de atendimento do Iapep Saúde, incluindo urgência e emergência, sem custos adicionais para o usuário e agora, essa decisão de repor policiais as ruas, já que foi para isso que foram contratados.

Esses policiais militares estão há anos servindo principalmente a políticos, em suas residências, atuando, na maioria das vezes, como serviçais domésticos.

Os mais de 1.000 policiais militares deverão passar por um curso rápido de reciclagem profissional e voltarão a compor o efetivo de policiamento ostensivo, na capital e interior do Estado.

A medida deverá entrar em vigor até o final deste mês.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp