28/11/2017 às 17h16min - Atualizada em 28/11/2017 às 17h16min

TRE-PI inocenta Wellington Dias de acusações de compra de voto nas eleições de 2014

CCOM

Por seis votos a zero, o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) inocentou, na manhã desta terça-feira (28), o governador do Piauí, Wellington Dias, e a vice-governadora, Margarete Coelho (PP), de compra de votos nas eleições de 2014.  A decisão atendeu a um pedido do próprio Ministério Público Eleitoral, que voltou atrás na acusação que havia feito, por falta de provas.
 
Após investigação feita pelo próprio MPE e pela Polícia Federal, ficou provado que os R$ 180 mil encontrados na posse de José Martinho Ferreira de Araújo, então assessor de Wellington no Senado, não tinham qualquer relação com a campanha de 2014. A investigação concluiu que o dinheiro seria utilizado para comprar terras da família de Martinho, no interior do Piauí.
 
No dia 11 de setembro de 2014, Martinho foi abordado por uma blitz da Polícia Rodoviária Federal, na cidade de Barreiras (BA), transportando a quantia, enquanto viajava de carro de Brasília.
 
Logo após o episódio, o Ministério Público Eleitoral decidiu abrir investigação, pois suspeitava que o dinheiro seria utilizado para a compra de votos.
 
No entanto, após as investigações, o então procurador eleitoral Israel Gonçalves decidiu requerer a improcedência da ação.
 
Além da decisão do TRE, a Procuradoria Geral da República pediu o arquivamento da ação para investigar o governador, por não haver qualquer indício de sua participação do episódio envolvendo José Martinho.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp